Caminhoneiro paulista de 58 anos morre após sofrer infarto em Vilhena e cunhado denuncia situação dramática da categoria