Conecte-se conosco

Política

Mauro Sérgio, presidente da Câmara Municipal de Costa Marques, gastou R$ 24.082,56 com diárias em 2019

Publicado

em

Matéria após o anúncio

Quem acompanha passo a passo as atividades dos parlamentares do poder legislativo do município de Costa Marques, por meio do portal da transparência, percebe-se que Mauro Sérgio, presidente da Câmara Municipal de Costa Marques, gastou R$ 24.082,56 com diárias em 2019. Este valor significa, por mês, a importância de R$ 2.006,88, mais um salário mensal como vereador, chegamos a um total mensal de R$ 3.065,24, totalizando anualmente R$ 36.780,0o, o que significa que o presidente subtraiu dos cofres públicos, como fiscal da lei, a importância total, entre diárias e subsídios (salários) R$ 60.862,56 no ano de 2019.

Filiado ao Partido do Trabalhadores e já no terceiro mantado, Mauro Sérgio, presidente do legislativo municipal de Costa Marques, é um alinhado do prefeito Mirandão, ou seja, defensor do chefe do executivo na casa de leis, o que causa estranha pelo fato de que, o seu partido, tradicionalmente, é um dos mais defensores da imparcialidade com os poderes e jamais deveria agir sendo uma espécie de líder do prefeito no parlamento, tamanha a sua vontade de defender as bandeiras da administração junto ao parlamento municipal.

Continua após o anúncio

Para quem é trabalhador rural como o presidente diz à população, certamente este montante conseguido no ano de 2019 não foi nada ruim para quem ganha um salário mínimo a um legítimo trabalhador rural, que se dedica de corpo e alma todos os dias, debaixo de sol escaldante, de chuva, entre outros, para chegar a um final de ano sem quase nenhum recurso para fazer aquisição de uma cesta básica para custear as despesas de uma família. Quem sabe no próximo ano, os eleitores de Costa Marques possam usar esta matéria e quando o presidente do poder legislativo municipal aparecer em sua casa pedindo votos ele possa ser cobrado o que realmente ele fez como parlamentar e porque se alinhou a um prefeito que, volta e meia, há notícia de irregularidade, malversação do patrimônio público, administração pífia em todos os sentidos, entre outros desmandos.

Continua após o anúncio

Da Redação Planeta Folha

Continua após o anúncio
Continua após o anúncio
Compartilhe com os amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Deixe seu comentário sobre a matéria acima
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Juvino Publicidade