Conecte-se conosco

Cidades

Presentear depois do Natal pode ser uma ótima forma de economizar

Publicado

em

Seja por falta de tempo ou por ter recursos limitados, muita gente deixou de comprar presentes para seus familiares no último Natal. Entretanto, é justamente após o dia 25 de dezembro o período propício para fazer as compras e economizar, uma vez que centenas de lojas fazem promoções para liquidar os estoques antes do carnaval. Confira como ter ainda mais economia em três segmentos bastante procurados para presentear.

Cuidados pessoais e produtos cosméticos

Cremes, shampoos, condicionadores, sabonetes, perfumes e maquiagens fazem parte do grupo dos produtos cosméticos, um dos preferidos dos brasileiros na hora de presentear. O Brasil é um grande expoente do segmento, com marcas de reconhecidas internacionalmente. Nessa época do ano, não é difícil encontrar cremes e perfumes na revista Boticário [1] com um bom desconto, com itens vendidos por menos de R$ 100 – um valor bastante atrativo para quem quer comprar cosméticos de qualidade e economizar.

A verdade é que os cosméticos são uma escolha segura na hora de presentear porque todo mundo gosta de cuidar de si mesmo – e essa afirmação é feita com base nos números: mesmo com a crise vivida na economia brasileira, somente entre janeiro e março de 2019 mais de R$ 4,7 bilhões foram movimentados no segmento da beleza.

Dados da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) [2] mostraram que esse valor significa um aumento de 10,64% em relação ao mesmo período do ano passado. Para conseguir preços com desconto na compra dos cosméticos vale fazer uma boa pesquisa na internet. Além dos sites próprios de cada marca cosmética, existem as plataformas de folhetos on-line, que são bons recursos para encontrar promoções.

Peças de vestuário

Desde que a Black Friday surgiu no mercado brasileiro existe uma separação no perfil de compra em cada data comemorativa: se a sexta-feira negra tem um pico no comércio de eletrônicos, é no Natal que as roupas ganham seu espaço no bolso do consumidor. Essa mudança se sente nos preços, uma vez que no Natal as peças de vestuário ganham preços atrativos pelo aumento da demanda.

Embora os valores das roupas seja interessante antes do Natal, depois de 25 de dezembro os consumidores encontram oportunidades ainda melhores, tanto nas compras em lojas físicas quanto nas lojas online. Enquanto o comércio de rua realiza promoções para liquidar o estoque adquirido para o Natal, os e-commerces tem uma baixa na procura, o que gera preços melhores. Outro benefício é a entrega, já que após a data os Correios conseguem normalizar as operações.

Uma boa dica para economizar na compra de roupas é conferir as araras promocionais em lojas físicas e a área de promoções nas lojas virtuais para quem gosta de navegar online. É ali que as marcas selecionam itens que desejam tirar de seu estoque, muitas vezes peças únicas, que por esse motivo ganham um bom desconto em relação ao valor original.

A moda para os pés

Outro dos produtos sempre citados pelos consumidores como presente de Natal são os calçados. Em uma pesquisa realizada pela Hello Research [3], com 1.232 pessoas em 75 municípios, os sapatos aparecem em quarto lugar na lista de presentes que os brasileiros planejaram comprar antes do Natal. Porém, assim como as roupas, as lojas que não atingiram a expectativa de vendas antes da data comemorativa, aproveitam o período para queimar estoque.

Uma forma de economizar e acertar no presente é optar por modelos tradicionais de calçados. Isso porque eles são mais fáceis de combinar com roupas e bolsas que o presenteado já tem em casa. Nessa época do ano muita gente também aproveita as promoções para comprar sapatos para uso próprio. Independentemente do seu objetivo, o pós Natal é bem interessante para gastar menos.

Ainda que o período seja ideal para economizar, é possível poupar dinheiro em qualquer época do ano com dicas simples de finanças pessoais [4]. E um último conselho para não gastar tanto tem relação com o conceito Pense Verde: compre somente aquilo que é realmente necessário, principalmente para aqueles que estão com um orçamento limitado. Melhor do que presentear a família é entrar no Ano Novo livre de complicações financeiras.

Fontes de pesquisa: [1] Kimbino [2] Estado de Minas – Economia [3] Exame [4] JE Online

Por Sanaira Silveira


Compartilhe com os amigos
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    5
    Shares
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Juvino Publicidade