Juíza proíbe Energisa de cortar a luz em casa de mulher cuja conta disparou de R$ 195 para R$ 1.310, aumento de quase 600%