Novas gravações agressivas e suspeitas ampliam uma crise histórica na polícia civil de Rondônia