Banner juvino publicidade

Rondônia

Obras 08/06/2018 10:07 Fonte: Planeta Folha - Dr. Ronan Almeida de Araújo

Empresa Meta inicia a conclusão definitiva das obras da BR-429 ligando Presidente Médici à cidade de Costa Marques

Ontem (07) pela manhã, a empresa Meta, sediada em Goiânia, representada pelo senhor Davi, a mesma que construiu o trecho urbano da cidade de São Miguel do Guaporé, iniciou o término das obras da pavimentação asfáltica ligando a cidade de Presidente Médici à Costa Marques. Os trabalhos serão iniciados na cidade de Alvorada D´oeste, um trecho urbano de dois quilômetros com saída para São Miguel do Guaporé.

A empresa Vereda, sediada em Belo Horizonte, continuará seus trabalhos de conclusão das cabeceiras das pontes. Ao todo, são 15 pontes. No ano passado, a Vereda conseguiu a terminar seus trabalhos no sentido de isolar as pontes de madeira e hoje os veículos já podem passar por cima das pontes de concreto. As de madeiras serão doadas paras as prefeituras das localidades.

Exemplo: a ponte de madeira do Rio São Miguel que fica na cidade do mesmo nome, o madeiramento será doado para a prefeitura local e assim sucessivamente. A empresa Meta é considerada uma das melhores da cidade de Goiânia. No final do governo do prefeito Zenildo Pereira (PT), a empresa fez todo o trabalho de asfaltamento do perímetro urbano de seis pistas dentro passando por São Miguel do Guaporé. A Meta tem maquinários de última geração e alguns deles ficaram no pátio do Posto Pacatão, saída para Alvorada D´oeste. Hoje esses maquinários foram deslocados para a cidade de Alvorada onde começarão a construção em definitivo das obras da BR-429, chegando até Costa Marques.

A empresa Meta está empenhada em terminar as obra até o final do mês de setembro, um mês antes das eleições, ou seja, se todo ano tivesse eleição, teríamos muitas obras públicas que causariam inveja até para os japoneses, considerados os melhores em construção de rodovias.

O pior trecho da BR-429 é o que liga a cidade de Seringueiras até São Francisco do Guaporé, na localidade conhecida como “Mané Correia”, bem como os trechos de 07 quilômetros que estavam embargados pelo IPHAN, que parece que liberou para a construção do asfalto, uma alegria para quem utiliza essa que é a principal rodovia da Zona da Mata e Vale do Guaporé.

A construção da BR-429 começou em 2011, com a empresa Fidens, que superfaturou a obra, chegando a Polícia Federal e Ministério Público Federal desencadearem uma operação que prendeu fiscais do DNIT, aprendeu documentos da empresa, embargou a obra por um período extensivo, causando um prejuízo ao erário público em torno de quase 300 milhões de reais, desviado por uma quadrilha que se aproveitou do dinheiro do contribuinte para se enriquecer facilmente.

Porém, agora as duas empresas que ficaram para concluir a obra são consideradas idôneas, séries e responsáveis, sendo que o compromisso delas é até o final de setembro deixar a BR-429 totalmente pavimentada de Presidente Médici até Costa Marques, um alívio para quem utiliza essa rodovia para o trabalho, lazer, bem como para valorizar os seus imóveis rurais que estão localizados no trecho que agora será realmente concretizado, pois em período eleitoral, os milagres acontecem.

Jornalista Ronan Almeida de Araújo


Cargando...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9842-96737

atendimento@planetafolha.com.br

2016 - 2018: Planeta Folha é uma publicação de Planeta Folha - ME. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização por escrita da direção, mesmo citando a fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato! ou fale diretamente com nossa redação - (Fale conosco pelo WhatsApp)
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo