Rondônia

Cancelado! 20/04/2017 00:06 POR XICO NERY - News Rondônia

Por consenso, Funcultural e Fesec cancelam desfile das escolas de samba do carnaval 2017

Ocampo esclareceu, no entanto, que >a medida foi tomada em decorrência do tempo de 10 dias, considerado curto de mais, para que os R$ 400 mil destinados ao carnaval fossem liberados>. > Ainda assim, o evento seria prejudicado, afirmou o dirigente.

Porto Velho, Rondônia – ‘Foi consensual’, afirmou, em entrevista, nesta terça-feira, 18, o presidente da Fundação Cultural [FUNCULTURAL], Antônio Ocampo, ao justificar o cancelamento do carnaval 2017 depois de inúmeros adiamentos.

A medida sobre o cancelamento dos desfiles, contou com o apoio da Federação das Escolas de Samba e Entidades Carnavalescas de Rondônia [FESEC] que, em conjunto, ‘decidiram, consensualmente, cancelar O evento previsto para o dia 30, no Parque dos Tanques’.

Ocampo esclareceu, no entanto, que ‘a medida foi tomada em decorrência do tempo de 10 dias, considerado curto de mais, para que os R$ 400 mil destinados ao carnaval fossem liberados’. ‘ Ainda assim, o evento seria prejudicado, afirmou o dirigente.  

Cancelamento selado, ‘o dinheiro será empregado no custeio de oficinas de capacitação às agremiações que, agora, passaram a ser incluídas na programação oficial do aniversário da cidade’, afirmou o presidente da FUNCULTURAL.   

Ocampo esclareceu ainda que houve a necessidade de se obedecer o prazo de tramitação da documentação das escolas, estabelecido pela nova lei sobre contratos e convênios, para que o recurso fosse liberado, ‘foi o principal motivo das escolas de samba não desfilarem neste ano’.

A medida tomada considerando que a Federação, em menos de suas semanas não teria tempo suficiente para organizar um desfile de qualidade. Segundo ele, ‘o espetáculo seria fatalmente prejudicado’, ele acrescentou.    

- Apesar de estarmos diante de uma legislação nova, com apenas três anos de sua aplicabilidade, infelizmente, esbarramos nessa questão legal, reiterou Ocampo.

Nesse sentido, disse que a Procuradoria Geral [PGM] obrigou-se à demandar mais tempo para que o processo de liberação de recursos se enquadre às exigências da legislação. Além de a FUNCULTURAL ter percebido que o tempo entre à aquisição de material à confecção das alegorias e fantasias, era curtíssimo; ‘pois prejudicaria o brilhantismo da tradição cultural’, completou.  

Já o presidente da FESEC, o carnavalesco Hudson Mamedes, disse que ‘agi em respeito à população e ao dinheiro do contribuinte; o que me levou a optar pela melhor saída, o cancelamento do desfile a remarcar nova data’.   

- É impossível se preparar uma escola de samba em dez dias, ele disse.

E confessou, em entrevista, ‘que as experiências anteriores confirmam que não podemos fazer feio e o melhor é usarmos todo esse tempo para nos prepararmos melhor’, arrematou o carnavalesco.  

Fora desse contexto, o presidente Antônio Ocampo, anunciou, contudo, que o apoio às escolas – como incentivo -  começará a partir do mês que vem, quando da realização de um seminário que vai discutir, justamente, o carnaval portovelhense.

A Fundação, segundo o presidente, irá promover duas oficinas de capacitação, sendo uma a ser ministrada por um artesão de Parintins, da mesorregião do Baixo Amazonas, no Estado do Amazonas; e uma segunda, com o diretor de Harmonia a ser contratado de uma escola de samba carioca.

Afora o cancelamento do carnaval deste ano, a Prefeitura decidiu e concordou, após sugestão apresentada pela Federação, ‘incluir as escolas no calendário da festa dos 103 anos de criação do Município de Porto Velho’. As escolas se apresentarão nos locais onde as atividades culturais irão acontecer.         

Para isso, a Prefeitura já manteve contato com o dono da Casa de Shows ‘Talismã 21’, onde pretende acomodar as escolas de samba ao menos uma vez por mês realizem eventos próprios a fim de obterem recursos para custearem os futuros desfiles, bem como, de outra forma, ‘atinjam a sua auto-sustentabilidade’ como já ocorre em outros pontos do País.  


Ariquemes - RO

Planeta Folha

Avenida Rio Branco - 4220 - Jardim das Palmeiras - Ariquemes

(69) 9841-29772

atendimento@planetafolha.com.br

Nossas Redes Sociais

Eu curto o Planeta Folha!

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo