Regional

Confusão e prisões 21/04/2017 10:31 Da redação - Planeta Folha

Discussão e perseguição entre Policiais Militares, acaba com um preso e outro gravemente ferido em RO

Uma confusão em um bar localizado no pátio de um posto de combustível localizado na Av. Tancredo Neves na cidade de Ariquemes, por pouco não terminou em tragédia, houve tentativa de homicídio e perseguições, um policial militar perdeu o controle da camionete em que conduzia, bateu em um muro e capotou ficando gravemente ferido sendo socorrido para o Hospital João Paulo II na capital, o outro policial envolvido foi preso e levado para o Centro de Correição da Policia Militar em Porto Velho, RO.

Na confusão, uma Guarnição da PM de plantão foi acionada para conter os ânimos dos mesmos no bar, após uma breve conversa com os mesmos acalmaram e a guarnição foi embora. Mais tarde a Policia Militar foi novamente acionada para comparecer no mesmo local de antes pois os mesmos indivíduos estavam ocasionando mais confusões no local, ao chegar no local, os usuários do local apontavam sem sessar para uma camionete modelo S10 de cor branca e gritavam, “Homem armado”, por várias vezes.

A partir daí iniciou uma grande perseguição, o PM de folga que conduzia a camionete S10, evadiu-se pela Av. Tancredo Neves, pulou o canteiro e adentrou em uma travessa na lateral do feirão do produtor. Neste momento aa guarnição que realizava o acompanhamento tático perderam a camionete de vista, sendo somente avistada na Av. JK, foi dada ordem de parada por várias vezes, não obedecendo, continuou a fuga, desta vez pela Av. Tabapuã sentido ao Jardim Botânico.

Na perseguição o condutor da S10, reduziu a velocidade, fazendo parecer que o mesmo iria parar o veículo e se entregar, a guarnição se posicionou na frente de forma obliqua, neste momento o condutor da camionete acelerou subitamente no intuito de tentar atropelar um policial que havia acabado de descer da viatura, por sorte o policial conseguiu voltar para a viatura a tempo de não atingido.

O condutor encostou na lateral da viatura e começou a arrastar a mesma ocasionando danos as latarias, e continuou a fuga alucinada, em um dado momento a guarnição ouviu um disparo de arma de fogo e revidaram a injusta agressão com tiros.

A camionete S10 só parou, após a mesma, ao passar por um quebra-molas na Av. Tabapuã sentido a Av. JK perdeu o controle do veículo e colidiu na lateral do muro da APAE vindo a capotar.

Com a violência do impacto, o condutor foi arremessado para fora, enquanto o carona ficou dentro. O carona em estado bem alterado ainda tentou agredir a guarnição da PM e teve que ser algemado. O policial militar que conduzia a camionete ficou gravemente lesionado, tendo fraturas nas pernas e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros até o pronto socorro local e após socorrido às pressas ao Hospital João Paulo II em Porto Velho.

Foi realizada uma busca pessoal nos envolvidos e não foi localizada nenhuma arma, outras buscas pelo trajeto feito na fuga foi realizada porém devido a escuridão não foi localizada.

Versão da vitima

Em contato com a vítima que é policial militar e estava de folga no dia, o mesmo relatou que ao sair do banheiro, foi abordado pelo outro individuo, e que o mesmo apontou uma arma e disse que iria lhe matar. Ao perceber o pior, a vítima entrou em luta corporal com o agressor que ainda chegou a puxar o gatilho, sendo impedido pela vítima que conseguiu em uma rápida manobra colocar o dedo no gatilho e impedir o disparo da arma.

Após ter o dedo lesionado, a vítima conseguiu tomar a arma do agressor. A arma foi entregue para a polícia.

A Policia Técnico Cientifica (POLITE) compareceu no local para a realização de perícia na camionete S10 e viatura policial envolvida na perseguição.

Em entrevista jornalística a um site, o Tenente PM Juliano, afirmou que todas as medidas cabíveis foram tomadas para que o acidente fosse evitado, mas devido ao estado alterado dos envolvidos os ocorridos não foi possível evitar ocorrido, “O serviço da PM é manter a ordem e a segurança da população e é lamentável que situações como estas sejam inevitáveis”, finalizou.

Diante dos fatos, o Boletim de Ocorrência Policial foi registrada na 2ª Delegacia de Polícia Civil de Ariquemes, especializada em repressão aos crimes contra a vida, para a tomadas das medidas cabíveis.

Fonte: Alerta Rondônia

Texto: Cristiano Will Lira


Veja também sobre Acidente Policia ARiquemes

Ariquemes - RO

Planeta Folha

Avenida Rio Branco - 4220 - Jardim das Palmeiras - Ariquemes

(69) 9841-29772

atendimento@planetafolha.com.br

Eu curto o Planeta Folha!

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo