Banner juvino publicidade

Política

Jurídico 09/08/2018 15:10 Fonte: Planeta Folha - Dr. Ronan Almeida de Araújo

Prefeito de Costa Marques é eleito um dos melhores do Brasil e há suspeita que “honraria” foi comprada

Vagner Miranda da Silva, popularmente conhecido como Mirandão, prefeito do município de Costa Marques foi escolhido, pela entidade União Brasileira de Divulgação, situada no Estado de Pernambuco, como um dos melhores do Brasil. Para este instituto, Mirandão ficou em 67º (sexagésimo sétimo lugar). Essa informação é a notícia predileta na cidade de Costa Marques e a maioria da população está falando do caso porque o programa Fantástico, da TV Globo, denunciou, através de uma reportagem exibida no último domingo, que um jumento recebeu o título de um dos 100 melhores prefeitos do Brasil, no Rio Grande do Sul. A reportagem mostrou a "qualidade" dessa premiação. Na verdade, o título foi comprado por R$ 1.480. O título é dado em cerimônia em hotéis que ficam, geralmente, em cidades litorâneas. Na véspera do evento, da UBD, em Recife, o repórter do Fantástico deu o dinheiro ao presidente da UBD e recebeu a medalha e o diploma do jumento. O presidente da união não sabia que estava sendo gravado.

Jumento está entre os premiados como "prefeito nota 10 do Brasil" 

 O comércio de diplomas de mérito para vereadores, prefeitos e secretários municipais será investigado pelo Ministério Público (MP) do Rio Grande do Sul. Para demonstrar a falta de critérios na concessão desse tipo de reconhecimento, a reportagem incluiu um jumento entre os “prefeitos nota 10 do Brasil”. As empresas alegam realizar consulta telefônica ou analisar indicadores sociais municipais antes de selecionar os agraciados. Só que essas avaliações, muitas vezes, não ocorrem. Em seguida, políticos são procurados pelos institutos, que oferecem a condecoração em troca de valores. Alguns não aceitam participar. O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM) investiga 26 prefeituras e 30 câmaras de vereadores do estado por suspeita de gastos com cerca de R$ 90 mil para receber o título de "melhor gestor do país". O TCM destaca que, além dos gastos com o prêmio, o prejuízo nos cofres públicos pode ser ainda maior. Os gastos com as duas empresas já foram comprovados. O que o TCM investiga agora é se, além disto, as câmaras e prefeituras envolvidas também gastaram dinheiro público com passagens de avião e hospedagens em hotéis para que os indicados recebessem estes prêmios. Em Rondonópolis-MT, cuja pesquisa apontou a Gestão do Prefeito- José Carlos Junqueira de Araujo popularmente conhecido como “Zé Carlos Do Pátio” em 2º Lugar no Ranking de Prefeitos do Estado de Mato Grosso. A repercussão nas redes sociais foi contrária, uma vez que segundo a população em seu 1º ano de mandato, o prefeito enfrenta sérias dificuldades para administrar as áreas apontadas como excelentes no município.

Mirandão, prefeito impopular 

Pela realidade atual do município de Costa Marques, a população não está satisfeita com o trabalho de Mirandão à frente do comando do poder executivo municipal, visto que em campanha de 2016 fez várias promessas de melhorar a qualidade de vida dos moradores, porém até agora quase nada foi feito, notadamente nas áreas de saúde e educação. Em relação à saúde, o hospital municipal continua como antes, ou seja, o pronto socorro continua interditado e o raio-x sem funcionar, mesmo a atual gestão promovendo gasto para deixar esse setor em plenas condições de uso para evitar que moradores do município procurem a cidade de São Francisco para fazer tratamento de uma perna quebrada, por exemplo. O pronto socorro está com suas atividades embargadas pelo Conselho Regional de Medicina desde 2013 e não há previsão de que volte a funcionar tão cedo. Outra grande reclamação da população é a falta de medicamentos no hospital e os pobres quando precisam se medicar têm de se dirigir a farmácias particulares, onerando sem necessidade as inúmeras famílias sem condições financeiras existentes em Costa Marques. Quanto à educação, a reclamação é geral devido às inúmeras mudanças de comando implementadas pelo prefeito, que até agora já nomeou e exonerou quatro (04) quatros secretários, um número recorde que deixa a comunidade acadêmica preocupada em razão das inconstantes mudanças de comando na Secretaria Municipal de Educação. Os servidores desta pasta são os mais revoltados com o prefeito, visto que no ano passado, o mesmo cortou a gratificação do magistério, o que fez reduzir o salário dos mestres. No distrito de São Domingos, de onde o prefeito foi morador e teve 80% dos votos, também há insatisfação com Mirandão em relação à estrutura de escola municipal, que foi motivo de protesto, mobilizações e paralisações de atividades pedagógicas de professores, alunos e pais, que fizeram pressão contra o gestor para melhorar a estrutura física, hidráulica e elétrica da Escola Municipal Ilton José Martins, que resiste à falta de assistência do poder municipal por não priorizar o ensino no município de Costa Marques, mesmo Mirandão tendo ao seu lado, professora Kréfia Gonçalves, esposa do prefeito e ex-secretária municipal de Educação, que teve de se afastar em razão de ingresso de uma ação de improbidade administrativa por parte do Ministério Público Estadual, do qual o juízo da comarca concedeu medida cautelar de urgência acatando a pretensão ministerial e, posteriormente, revogada pelo Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, do qual o desembargador Renato Mimessi, concedeu a ordem para restaurar a condição de secretária que a professora Kréfia Gonçalves ocupava até o ano passado.

Mirandão, vice-campeão em diárias 

Mirandão foi escolhido o segundo prefeito que mais gastou em diárias no ano de 2017, algo em torno de R$ 80.000,00. De tanto comentários negativos nas redes sociais, resolveu tirar o “pé do acelerador” e os gastos no ano de 2018 diminuíram, para o alívio do contribuinte, que declarou “guerra” ao prefeito em razão de ter aumentado drasticamente os valores da tabela do ITPU, sendo que há morador que no passado pagava em torno de R$ 100,00, hoje o valor ultrapassa em quase R$ 300,00, o que está causando grande revolta entre os proprietários de imóveis residenciais urbanos. Outra reclamação dos moradores do município, principalmente quem mora na zona rural, é que o prefeito quase não fica na prefeitura para atender as reivindicações da população e para falar com o chefe do poder executivo municipal é quase impossível, diante da indisposição do administrador de atender o povo na sede da prefeitura. Apaixonado pelas redes sociais, Mirandão volta e meia dá bronca em quem critica a sua administração, o que motiva mais ainda os moradores a fazer comentários sobre os pontos negativos da atual gestão, visto que o prefeito é considerado uma pessoa antipopular, ou seja, mal conversa com as pessoas ao ponto de muitos falarem que Mirandão gosta mais de futebol do que dialogar com a população de Costa Marques. 

Mirandão está longe de ser um bom prefeito 

Diante do caso que está repercutindo bastante na cidade de Costa Marques em relação à premiação de Mirandão como um dos 100 melhores prefeitos do Brasil, nossa reportagem fez questão de visitar esta cidade para ter contato direto com os moradores sobre a veracidade desta informação dando conta da notoriedade do gestor em nível nacional. Ficamos um dia na cidade e conseguimos conversar em torno com 37 pessoas sobre a situação de Costa Marques e como está agindo a atual administração para resolver os problemas herdados do antecessor, Chico Território. A grande maioria dos entrevistados pessoalmente disse que o município de Costa Marques não sofreu nenhuma mudança e as promessas feitas pelo atual gestor até agora não foram cumpridas, deixando os moradores indignados porque a cidade não recebeu até agora um palmo de asfalto, as ruas na periferia estão sem condições de trafegabilidade, a iluminação está precária, atrapalhando as atividades estudantis que estudam à noite, que, com medo de atuação de meliantes, não se arriscam de enfrentar a escuridão para dedicar-se em condições ideais à formação acadêmica, a parte turística do município está pior do que antes, sendo o Forte Príncipe da Beira, considerado o monumento arquitetônico mais importante do Brasil está em ruínas, o que tem deixado alguns “gatos pingados” de turistas revoltados, não há uma Secretaria de Turismo, mesmo Costa Marques abençoada por belezas naturais, como praias, rios, florestas, etc. Por derradeiro, acreditamos que essa história de Mirandão ter sido escolhido como um dos melhores prefeitos do Brasil não passa de uma piada de mal gosto, visto que de perto em conversa com os moradores de Costa Marques, foi possível perceber que o povo, na sua grande maioria, não está nada satisfeito com o seu gestor e a população já perdeu a esperança de que algo possa mudar para fazer as mudanças verdadeiras que o município precisa ter para ser um dos melhores entre os 52 do Estado de Rondônia.

Jornalista Cristiano Lyra. Site Planeta Folha. Rolim de Moura (RO)


Veja também sobre Politica Costa Marques
Cargando...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9842-96737

atendimento@planetafolha.com.br

2016 - 2018: Planeta Folha é uma publicação de Planeta Folha - ME. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização por escrita da direção, mesmo citando a fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato! ou fale diretamente com nossa redação - (Fale conosco pelo WhatsApp)
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo