Banner juvino publicidade

Política

Cassação 18/06/2017 16:11 Rede TV - RO

Vereador de Ji-Paraná que comprou votos em aldeia indígena é cassado

A denúncia investigada diz que Marcelo deu cerca de R$ 20 mil ao cacique da aldeia e ao seu filho para que o ajudasse na obtenção de votos

Marcelo Lemos do PSD, eleito para o cargo de vereador na última eleição municipal, teve seu diploma cassado e também foi penalizado com oito anos de inelegibilidade em função da prática de abuso de poder econômico e da obtenção ilícita de votos de índios da aldeia Suruí.

A sentença foi dada em função de uma investigação feita em virtude de uma denúncia apresentada pelo candidato concorrente à Casa de Leis, Cristiano Matos (PSDB). Em sua denuncia, Cristiano disse que, depois que foi dada como encerrada a apuração dos votos na Zona Eleitoral destinada a atender os índios Suruí, percebeu que 70% dos votos haviam sido destinados ao candidato Marcelo Lemos.

Crime

A denúncia investigada diz que Marcelo deu cerca de R$ 20 mil ao cacique da aldeia e ao seu filho para que o ajudasse na obtenção de votos entre os índios. Além deste episódio, a denúncia diz também que Marcelo promoveu festas na aldeia fornecendo grandes quantidades de carne na época de sua campanha. Marcelo prometeu, segundo a denúncia, lutar por destinação de recursos e benefícios aos índios, caso fosse eleito com o apoio massivo da aldeia.

Recurso

Não conseguimos manter contato com o vereador Marcelo ou com sua defesa para coletar um pronunciamento sobre o caso, que ainda cabe recurso e que, provavelmente, o vereador irá se utilizar deste beneficio para tentar rever a situação e não perder o mandato.

Citado

Há duas semanas a equipe de jornalismo investigativo do programa “Plantão de Polícia” da RedeTV de Ji-Paraná conseguiu ter acesso à gravação do depoimento de Joseph Newton, investigado por diversos casos de corrupção e de desvio de recursos do Sindicato dos Servidores Municipais, onde Marcelo Lemos é citado como beneficiário de recursos que foram desviados e utilizados para a compra de combustível pra ser usado na campanha eleitoral. Além de Marcelo, Joseph citou o vereador Josiel Carlos de Brito (PMDB) como sendo outro beneficiário também.


Veja também sobre Política Ji-Paraná
Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772

atendimento@planetafolha.com.br

Permitida a reprodução com citação da fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato!
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo