Banner juvino publicidade

Polícia

Polícia 01/10/2018 11:32 Fonte: Diário da Amazônia

PC cumpre 15 ordens judiciais durante a Operação Contrafação no interior de Rondônia

Em conjunto com a Polícia Federal (PF), o Ministério Público do Estado de Rondônia realizou a Operação Contrafação, na manhã desta segunda-feira (1), por intermédio da da promotoria de São Miguel do Guaporé, juntamente com o Ministério Público Federal (procuradoria de Ji-paraná) e a Polícia Civil do Estado de Rondônia (Núcleo de Repressão às Ações Criminosas Organizadas – DRACO2).

A operação tem o objetivo de colher e juntar provas de organização criminosa (Orcrim) sobre possíveis estelionatos, falsidade ideológica, exercício irregular de profissão e fraudes previdenciárias praticadas no Vale do Guaporé-RO, especificamente nos municípios de São Miguel do Guaporé, Seringueiras, Costa Marques e Nova Brasilândia do Oeste – com possíveis ramificações nos municípios de Ouro Preto do Oeste, Ji-paraná e Rolim de Moura.

Estão sendo cumpridos 12 mandados de busca e apreensão em residências e escritórios de advocacia, três mandados de suspensão da função pública, totalizando 15 ordens judiciais. Segundo as investigações, a organização é composta por advogados, funcionários de escritórios, peritos, médicos, dentre outros envolvidos.

Primeira fase

A primeira fase da operação ocorreu em sigilo no mês de julho deste ano, oportunidade em que foi apreendida vasta documentação, consistente em mais de 500 (quinhentos) laudos médicos ideologicamente falsos, localizados em escritórios de advocacia nos municípios de São Miguel do Guaporé e Seringueiras, e ainda documentos que comprovam a instrução de testemunhas voltadas a enganar os peritos no momento de suas avaliações no Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, bem como ludibriar o Juízo em audiências previdenciárias.

Logística

Cerca de sessenta (60) policiais civis participaram da operação, sendo cumpridas as ordens nas cidades de Nova Brasilândia, São Miguel do Guaporé, Seringueiras, São Domingos e Ji-paraná.

Nome da Operação

Contrafação denomina a destreza habitual do grupo em engendrar falsificações diversas, sejam de documentos, sejam de assinaturas, sejam de contratos, etc., desenvolvendo escritórios do grupo modo de produção em série de falsificações.’


Cargando...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9842-96737

atendimento@planetafolha.com.br

2016 - 2018: Planeta Folha é uma publicação de Planeta Folha - ME. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização por escrita da direção, mesmo citando a fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato! ou fale diretamente com nossa redação - (Fale conosco pelo WhatsApp)
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo