Polícia

Carbonizadas 03/10/2017 00:08 Fonte: G1 de Rondônia

MISTÉRIO - Crânio e fêmur humano são achados dentro de fossa no interior de Rondônia

Vítima não foi oficialmente identificada; restante do corpo ainda não foi achado. Caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Partes carbonizadas de um corpo foram encontradas pelas Polícias Civil e Militar (PM) neste fim de semana dentro de uma fossa, no quintal de uma residência no Bairro Santa Luzia, em Nova Mamoré (RO), a cerca de 300 quilômetros de Porto Velho. A vítima ainda não foi identificada, e o crime está sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil.

Segundo o boletim de ocorrência, uma denúncia anônima informou que um cadáver estava sendo ocultado no quintal de uma casa na Avenida Arthur Arante Meira e que a vítima teria sido morta há pelo menos três dias.

No local, os policiais encontraram um crânio e um fêmur humano carbonizados, conforme o boletim de ocorrência. A Polícia Técnico-Científica (Politec) foi chamada e fez os trabalhos periciais. Os peritos constataram que as demais partes do corpo não estavam no local e que possivelmente a vítima tenha sido esquartejada.

Os restos mortais da vítima, que ainda não foi oficialmente identificada, foram recolhidos e enviados para o setor de criminalística em Guajará-Mirim (RO), cidade vizinha situada a 40 quilômetros.

Um dos moradores da residência foi localizado pelos policiais e conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos. Com o homem, foi encontrado um invólucro de maconha durante uma revista pessoal.

Conforme o despacho do delegado Lawrence Lachi, foram apreendidos também 19 invólucros de drogas, além de um adolescente e um segundo suspeito acabaram sendo detidos na ação.

Os três conduzidos foram ouvidos, porém somente o morador da casa onde as partes do corpo foram encontradas foi autuado por tráfico de drogas e encaminhado ao presídio masculino. Já o adolescente e o segundo suspeito foram liberados após prestarem depoimento.

Posicionamento da Polícia Civil

O delegado não divulgou no despacho informações em relação ao homicídio, identificação da vítima e envolvimento de suspeitos. Na manhã desta segunda-feira (2), a Polícia Civil declarou que não vai divulgar informações para não atrapalhar as investigações neste momento e que o caso está sendo minuciosamente investigado.


Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772 - (69) 9937-71115

atendimento@planetafolha.com.br

Planeta Folha nas redes sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo