Polícia

Polícia 02/10/2017 11:15 Fonte: Gazeta Central

Vaqueiro é baleado na zona rural de Vale do Paraíso e foge após saber que a polícia havia sido acionada

A vítima mesma ferida na panturrilha direita fugiu ao saber que PM havia sido acionada.
Populares disse para a polícia que a vítima Adelson é suspeito de um assassinato na cidade de Ariquemes e que o mesmo estaria refugiado naquela propriedade.

Adelson L. M., 32 anos, conhecido por Talen, foi baleado por dois homens em uma moto, em frente à propriedade onde trabalha como vaqueiro, na noite deste domingo (1°), por volta das 21h20.

Mesmo ferida, a vítima fugiu do local após a Polícia Militar ter sido acionada. A tentativa de homicídio ocorreu no quilômetro 31 da linha 200, conhecida por RO-470, zona rural do município de Vale do Paraíso.

De acordo com a testemunha que é proprietária do sítio onde Talen reside e trabalha como vaqueiro, o mesmo teria chegado em uma motocicleta em frente ao sítio. Ao descer, Adelson foi surpreendido por dois homens em outra motocicleta, que efetuaram cinco disparos em sua direção.

Informou que, mesmo ferida, a vítima conseguiu subir em seu veículo e buscou abrigou na residência do dono da propriedade. Nesse momento, os autores dos disparos fugiram pela linha 200, sentido a Ouro Preto do Oeste.

A testemunha relatou que Adelson foi ferido por um disparo que o atingiu na panturrilha direita. E, ao entrar na residência para pegar o aparelho celular para acionar a Polícia Militar, Talen evadiu-se do local. Os policiais foram até a propriedade e, mesmo realizando diligências pelas imediações, não localizaram a vítima e tampouco os criminosos.

Ao contatar com populares da cidade, os policiais obtiveram a informação de que o vaqueiro é suspeito de ter se envolvido em um homicídio na cidade de Ariquemes há alguns anos. E que o mesmo estaria buscando refúgiu naquela propriedade rural, o que, em tese, segundo os militares, explicaria seu sumiço mesmo estando baleado.

Os militares disseram que não foi possível confirmar sobre o suposto envolvimento no homicídio em Ariquemes do qual os populares suspeitavam de Talen ter sido o autor, uma vez que conseguiram apenas o nome, apelido e uma provável data de nascimento. Explicaram que fizeram contato com funcionários do hospital municipal de Vale do Paraíso. Mas, segundo os servidores daquela unidade de saúde, ninguém teria dado entrada com ferimentos provocados por arma de fogo.

Os policiais militares narraram na ocorrência outros dois crimes havidos naquela mesma propriedade, sendo uma tentativa de homicídio sofrida pelo dono do sítio, no dia 27 de abril de 2008, em frente à porteira. O segundo ocorreu no dia seguinte, 28 de abril de 2008, onde foi encontrado um cadáver que estava enterrado naquela propriedade, vítima de um homicídio que aconteceu em dezembro de 2007, no mesmo sítio.


Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772 - (69) 9937-71115

atendimento@planetafolha.com.br

Planeta Folha nas redes sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo