Mato Grosso

20/03/2017 12:22

Com salário superior a R$ 19 mil, edital de concurso de delegado em MT é publicado

O Governo de Mato Grosso publicou edital de abertura de concurso público para formação de cadastro de reserva para o cargo de delegado de polícia substituto da Polícia Judiciária Civil (PJC). O salário inicial é de R$ 19.316,49 com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Conforme o edital, as vagas serão criadas durante o prazo de validade do concurso.
A autorização de concurso para delegado substituto da Polícia Civil foi publicado no Diário Oficial do Estado na edição que circula nesta sexta-feira, 17 de março (confira aqui).
O concurso, revela o edital, será realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) e pela Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), assegurada a participação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

As inscrições poderão ser realizadas apenas pela internet entre às 10 horas do dia 27 de março e às 18 horas do dia 02 de maio no horário de Brasília (DF). A taxa de inscrição é de R$ 180. Hoje, Mato Grosso tem um total de 234 delegados na ativa, sendo que são necessários em torno de 400 para atender todo o Estado.
O delegado geral da Polícia Civil, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, destaca que o concurso é importante para suprir o quadro deficitário de delegados. “Temos cerca de 50 cidades sem delegado e vários delegados da ativa aptos a se aposentarem. Então, esse concurso é uma necessidade urgente, pois precisamos desses profissionais no quadro de servidores da Polícia Civil".


As vagas para delegado substituto criadas durante o prazo de validade do concurso, 10% serão providas na forma do art. 37, inciso VIII, da Constituição Federal, da Lei Complementar Estadual nº 114, de 25 de novembro de 2002, do Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, e suas alterações, e da Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. O concurso terá seis fases: 1ª fase - provas escritas objetivas e dissertativas, ambas de caráter eliminatório e classificatório; 2ª fase - prova oral, de caráter eliminatório e classificatório, e avaliação de títulos, de caráter classificatório; 3ª fase - exames de saúde, de caráter eliminatório; 4ª fase - teste de aptidão física, eliminatória; 5ª fase - avaliação psicológica, eliminatória; 6ª fase- investigação social, eliminatória.


Conforme o edital, é necessário que o candidato tenha diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). O cargo tem como atribuições dirigir, coordenar, supervisionar, fiscalizar e controlar as atividades administrativas, logísticas e operacionais da unidade de sua direção; cumprir as funções institucionais de Polícia Judiciária Civil; instaurar e presidir inquéritos policiais, termos circunstanciados e outros procedimentos policiais, administrativos e disciplinares; planejar, dirigir e coordenar, com base na estatística policial, as operações no combate efetivo à criminalidade, na área de sua competência; entre outros deveres e atribuições do cargo.

Fonte: Olhar Direto


Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772 - (69) 9937-71115

atendimento@planetafolha.com.br

Eu curto o Planeta Folha!

Licença Creative Commons
Os conteúdos e dados deste site estão publicados sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional — Atribuir Fonte - Compartilhar Igual..
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo