Banner juvino publicidade

Jurídico

Politica 15/09/2017 18:15 Fonte: Folha do Sul Online

Juiz indefere liminar na qual advogado pedia que prefeita exonerasse parentes em Vilhena

Servidores e prefeitura devem apresentar documentos em 30 dias

Decisão datada desta sexta-feira, 15, mostra que o juiz Andresson Cavalcante Fecury, da 1ª Vara Cível indeferiu a liminar pedida pelo advogado Caetano Neto, na Ação Popular assinada por ele e pela também advogada Vera Paixão, para demissão de familiares da prefeita Rosani Donadon (PMDB) nomeados em sua gestão.

Na sentença, o juiz alegou que os autores da ação não conseguiram provar a acusação de nepotismo. Mesmo assim, tanto os servidores nomeados quanto o próprio município devem apresentar, em 30 dias, documentação para atestar que as contratações são legais.

Acompanhando, por dever legal, o trâmite da ação, o Ministério Público chegou a listar 12 casos em que o nepotismo estaria caracterizado. O mérito da questão será julgado após as manifestações dos acusados e dos denunciantes.

Clique no arquivo abaixo e leia decisão.


Veja também sobre Politica Vilhena
Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772

atendimento@planetafolha.com.br

Permitida a reprodução com citação da fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato!
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo