Esporte

Esportes 24/09/2017 18:22 Fonte: Tiago Mattar /Superesportes

Cruzeiro vence o Atlético-GO fora de casa no Brasileirão

Com gols de Arrascaeta e Sobis, time celeste chega ao 9º jogo sem derrota

Desentrosamento, falta de ritmo de jogo, pressão... Nada disso impediu o time reserva do Cruzeiro de conquistar uma vitória sólida na tarde deste domingo, contra o Atlético-GO, no Estádio Olímpico. Com gols de Arrascaeta e Rafael Sobis (Luiz Fernando descontou para o Dragão), a equipe de Mano Menezes dominou o adversário desde os primeiros minutos de jogo e conquistou triunfo muito importante para os objetivos do clube no Campeonato Brasileiro. Com o 2 a 1 em Goiânia, o time chega aos 40 pontos, ultrapassa o Flamengo e termina a 25ª rodada na 5ª colocação.

Além de ganhar uma posição, o Cruzeiro alcança o nono jogo sem perder na temporada. A última derrota do time de Mano Menezes foi no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, contra o Grêmio, em Porto Alegre. A partida foi realizada em 16 de agosto, há 39 dias. Depois disso, a Raposa venceu Sport, Grêmio (duas vezes), Chapecoense e Bahia, e empatou com Santos, Londrina e Flamengo.

A partir de agora, o foco total do Cruzeiro é na decisão da Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira, dia 27, às 21h45, a equipe celeste recebe o Flamengo, no Mineirão. No duelo de ida, houve empate por 1 a 1 entre mineiros e cariocas, no Maracanã. A vitória simples dará ao time de Mano Menezes o pentacampeonato do torneio nacional. Como não há a regra do gol qualificado fora de casa na final, novo empate por qualquer placar leva a disputa para os pênaltis. O próximo compromisso pela Série A é contra o Corinthians, em 1º de outubro, às 16h, no Gigante da Pampulha. 

O jogo

Ainda que fora do ritmo ideal de jogo, os reservas do Cruzeiro entraram em campo pressionando o Atlético-GO desde os instantes iniciais de jogo. A primeira chance clara aconteceu logo no primeiro minuto. Bryan testou de longe e a bola acertou a trave esquerda de Marcos. Avassalador, com trocas rápidas de passe e explorando a fragilidade defensiva do Dragão, principalmente pelo lado direito de ataque, a equipe celeste não demorou a balançar as redes. Aos 4’, Rafinha cruzou rasteiro da linha de fundo, Rafael Marques tentou uma vez, Rafael Sobis a segunda e a bola sobrou para Arrascaeta, que finalizou sem chances para o goleiro e marcou o gol 900 do Cruzeiro no Brasileiro de pontos corridos. 0 a 1.  

Mesmo com o gol logo no início da partida e o domínio absoluto das principais jogadas, o Cruzeiro não diminuiu o ímpeto, ainda que tenha recuado um pouco a linha de marcação. Seis minutos depois do tento, Rafael Marques recebeu cruzamento pelo alto de Arrascaeta e, de cabeça, finalizou rente à trave. O segundo gol viria aos 21’. Nonoca deu lançamento preciso para Rafael Sobis, que tocou na saída do goleiro Marcos. 0 a 2. Destaque para a assistência do jovem volante cruzeirense, que voltou a apresentar técnica apurada no duelo do estádio Olímpico. 

Na volta do intervalo, o Atlético-GO se inspirou no Cruzeiro do primeiro tempo para tentar mudar a história do jogo. Mais veloz, o time de João Paulo Sanches diminuiu o placar logo aos 2’ da segunda etapa. Jorginho infiltrou na área e tocou na medida para Luiz Fernando, que chegou finalizando sem chances para Rafael. 1 a 2. Com marcação reforçada e diante de um adversário menos inspirado, o Dragão se animou. Aos 16’, Paulinho acertou a trave em bonita tentativa de fora da área. Enquanto o dono da casa seguia assustando, a Raposa buscava definir o jogo em um contra-ataque, mas o placar seguiu inalterado: Cruzeiro 2 x 1 Atlético-GO.  

TLÉTICO-GO 1X2 CRUZEIRO

Atlético-GO
Marcos; Jonathan (André Castro), William Alves, Gilvan e Bruno Pacheco; Ronaldo e Paulinho; Andrigo (Niltinho), Igor (Jorginho) e Luiz Fernando; Alison. Técnico: João Paulo Sanches

Cruzeiro
Rafael; Lennon (Ezequiel), Arthur, Digão e Bryan; Nonoca, Lucas Romero (Hudson), Rafinha, Arrascaeta e Rafael Marques (Raniel); Rafael Sobis. Técnico: Mano Menezes

Gols: Rafinha (aos 4’1ºT), Rafael Sobis (aos 21’1ºT), Luiz Fernando (aos 2’2ºT)
Cartões amarelos: Lennon, Nonoca (Cruzeiro); Jonathan, Luiz Fernando, Bruno Pacheco, Gilvan (Atlético-GO)

Público pagante: 5.234
Renda: R$109.230,00

Motivo: 25ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO)
Data e horário: 24 de setembro de 2017 (domingo), às 16h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC/CBF)
Assistentes: Helton Nunes (SC/CBF) e Thiaggo Americano Labes (SC/CBF)


Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772 - (69) 9937-71115

atendimento@planetafolha.com.br

Planeta Folha nas redes sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo