Esporte

Rondoniense! 24/03/2017 18:39 Globo Esporte de Rondônia

Marco Aurélio faz dois gols e garante vitória do Real sobre o RSC por 2 a 1

Jogo que encerra segunda rodada do campeonato estadual foi realizado na noite da quarta-feira, 22, no estádio Gentil Valério em Ariquemes

O jogo demorou a começar, com problemas na parte elétrica do Gentil Valério as equipes precisaram esperar cerca de 15 minutos para ouvir o apito dar início ao jogo. No entanto, toda a espera valeu a pena para o Real Ariquemes, que conseguiu abrir o placar, virar o jogo e encerrar a segunda rodada do campeonato estadual com mais três pontos na tabela. O Rondoniense, que comemorou durante a semana a vaga na segunda fase da Copa Verde, voltou para casa com o placar desfavorável e a primeira derrota na competição. 

O árbitro Jurandir Lico comandou o apito na disputa, auxiliado por Edilson Soares Falcão e Célio da Silva Santos. Tiago da Silva atuou como quarto árbitro. Com dois gols de Marco Aurélio e um de Careca, o jogo encerrou no 2 a 1 para o Furacão. 

O jogo

Como bom anfitrião, o Real Ariquemes começou o jogo com maior posse e velocidade. A primeira tentativa de gol saiu ainda nos primeiros instantes do jogo, com uma saída do zagueiro Allan Machado, em uma falha do goleiro Biro. A bola foi para fora, e o Rondoniense começou a tentar se organizar melhor em campo. No entanto, com o apoio da torcida, foi o Furacão que abriu o placar. Aos 12 minutos Marco Aurélio saiu com a bola e finalizou com o pé esquerdo, não dando chance de defesa ao Periquito. 

Pither tentou igualar o placar para o Rondoniense em uma cobrança de falta, mas a zaga do Real fechou a barreira e não deixou a bola passar. O gol do RSC foi sair aos 20 minutos, pelos pés de Careca, que recebeu de Pemaza na grande área. Em uma segunda chance de gol para o visitante, Pither levantou na grande área e Pemaza cabeceou, mas a bola passou pela lateral da trave e saiu pela linha de fundo. Logo em seguida, Careca aproveitou um contra-ataque e a falta de marcação para tentar aumentar a vantagem no placar, mas a bola ficou na trave, assustando o goleiro do Furacão. 

Mais atento, Dida segurou um lance perigoso de Pemaza com uma bela defesa e empolgou a torcida. O atacante do Rondoniense seguiu na tentativa de aumentar o placar e arriscou um novo chute, dessa vez no ângulo, que passou por cima da trave de Dida. E se o Rondoniense não estava conseguindo fazer o segundo gol, o Real aproveitou para crescer no jogo. Aos 39 minutos Marco Aurélio aproveitou uma folga na lateral e balançou as redes de Biro pela segunda vez na partida. 

Na volta do intervalo, entre as substituições, Quintino foi para o banco sentindo dores no ombro, dando espaço para Elvis trabalhar na marcação. O jogo começou a ficar mais lento e marcado por faltas. Nos minutos iniciais, Alexander conseguiu a chance de ampliar para o Real, passou pela zaga, invadiu a grande área e mandou para o gol, mas o chute saiu errado e a bola foi para fora. Pemaza também conseguiu construir uma chance de gol, mas mandou a bola nas mãos de Dida, que defendeu sem dificuldade. 

Para melhorar o desempenho da equipe que começou a mostrar sinais de cansaço, o técnico Elias optou por colocar Fernandinho no lugar de Pemaza. Paulo César também fez as alterações possíveis pelo Real, mas o terceiro gol não saiu. No rebote, Pither tentou empatar e mandou chute forte, mas a zaga do Real funcionou e diminuiu velocidade do lance para Dida defender. Com cinco minutos de acréscimo, novas tentativas surgiram de ambos os lados, mas as finalizações não encontraram o caminho do gol. Fim de jogo: Real 2 x 1 Rondoniense.


Veja também sobre Rondoniense Esportes Futebol

Ariquemes - RO

Planeta Folha

Avenida Rio Branco - 4220 - Jardim das Palmeiras - Ariquemes

(69) 9841-29772

atendimento@planetafolha.com.br

Eu curto o Planeta Folha!

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo