Banner juvino publicidade

Economia

Politica 27/06/2017 14:27 Da assessoria

Geraldo da Rondônia requer instalação de Free Shop em Guajará-Mirim na Comissão de Indústria e Comércio

O presidente da Comissão de Indústria e Comércio, Ciência e Tecnologia (CICCT), deputado Geraldo da Rondônia (PSC), mediou na manhã desta terça-feira (27), um debate entre os colegas parlamentares, representantes do comércio varejista, e o vereador de Guajará-Mirim Gilmar Oro, sobre a instalação de um Free Shop em Guajará, a construção da Ponte que ligará a cidade à Bolívia, e incentivos fiscais para o fortalecimento da economia em cidades gêmeas.

Geraldo da Rondônia explicou que esteve em Guajará-Mirim na última sexta-feira, e a grande preocupação do prefeito é em relação à taxa sobre os produtos para a Suframa. Salientou que "o dinheiro sai do município, e não se vê retorno".

O deputado assegurou que irá 'brigar' para que este recurso fique na cidade e seja reinvestido no local, e afirmou que seria interessante realizar no município, uma Audiência Pública para ouvir a população e empresários para saber as demandas, e assim avaliar de que forma a Comissão de Indústria e Comércio pode ajudar para que a cidade se torne pujante.

O vereador Gilmar Oro Nao (PMDB) afirmou que a instalação do Free Shoop será um avanço econômico para geração de empregos e renda para o município, e disse que a construção da ponte, também representará um grande avanço. "Guajará paga um preço muito alto, pois muitos caminhões se deslocam até a cidade, para receber incentivos nas mercadorias que acabam por ser distribuídas para todo o Estado sem nada ficar para a cidade e não recebe incentivos para a recuperação de suas vias. É uma cidade rica, mas muito mal explorada", explanou o vereador.

O presidente do Sindicato do Comércio Atacadista de Rondônia, Julio Gasparelo, reforçou o pedido do deputado ao afirmar que o comércio entre os dois países está prejudicado por questões de logística, de transporte. Disse que Guajará com a ponte, e o Free Shop, Suframa e outros incentivos, tem tudo para se tornar uma grande cidade.

Integração

Presente a reunião da Comissão, o deputado Dr. Neidson (PMN), disse que Guajará-Mirim está em região de fronteira tendo muitos benefícios que foram aprovados, mas ainda não implantados. Exemplificou que, em Foz do Iguaçu (PR), funciona a Lei das Cidades Gêmeas, que já foi regulamentada. No entanto, houve uma desculpa de que a Receita não tinha R$ 50 mil para fazer a fiscalização nos Free Shop, mas de acordo com ele já foi resolvido.

"Só o Estado do Rio Grande do Sul será beneficiado em 10 cidades gêmeas. Uma emenda da Bancada Federal de R$ 350 mil foi liberada para criação de um software para fiscalização da Receita Federal. Foi dado um prazo de 120 dias e se não for feito neste período, haverá mobilização e cobrança através dos deputados estaduais e federais de todo país", acrescentou, complementando que, "a Lei garante incentivos aos comerciantes em ICMS que investirem em Free Shop".

"Em Foz não tem, mas do lado da Argentina e do Paraguai têm vários Free Shop´s movimentando muito a economia. Por isso precisamos brigar para que tenhamos também a instalação do comércio nas cidades gêmeas", completou o deputado Aélcio da TV (PP), sugerindo ainda a Comissão que lute pela integração com a Bolívia por terra, para que a ponte saia do papel e efetivamente seja construída para fortalecer o comércio e o turismo.


Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9992-49411

atendimento@planetafolha.com.br

2016 - 2018: Planeta Folha é uma publicação de Planeta Folha - ME. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização por escrita da direção, mesmo citando a fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato!
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo