Economia

Atenção! 16/06/2017 22:51 Fonte: UOL

Você pode perder R$ 937 de PIS se não sacar neste mês; veja se tem direito

Pode ser que você tenha até R$ 937 sobrando e nem saiba. Mas precisa ver isso logo, porque o prazo para sacar o abono salarial do PIS/PASEP de 2015 termina no dia 30 deste mês. O valor pode chegar a um salário mínimo, mas nem todos têm direito (veja mais abaixo as regras). 

Segundo o Ministério do Trabalho, cerca de 1,8 milhão de trabalhadores ainda não retiraram o benefício.

Se tiver direito e não sacar agora, perde o dinheiro. "Quem tem direito ao saque tem que ficar atento para não perder o prazo, porque os recursos não ficam acumulados de um ano para o outro", disse o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.

Quem tem direito?

Para ter direito ao abono, é preciso ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2015 e ganhado até dois salários mínimos, em média, por mês. O trabalhador também deve estar inscrito no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos e a empresa onde ele trabalha deve ter informado seus dados corretamente na Rais (Relação Anual de Informação Social).

Para saber se tem esse dinheiro, os trabalhadores podem consultar o site do Ministério do Trabalho: http://trabalho.gov.br/abono-salarial/consulta-abono-salarial.

 Quanto é pago?

O valor pago é de até um salário mínimo (atualmente R$ 937), proporcionalmente ao tempo que a pessoa trabalhou. Se ela trabalhou o ano todo, recebe um salário mínimo. Se trabalhou um mês, recebe 1/12 do mínimo, ou seja, R$ 78.

Onde é feito o saque?

Se for funcionário de empresa privada, o dinheiro pode ser sacado em caixas eletrônicos da Caixa e lotéricas, se tiver o Cartão do Cidadão e registrou senha. Quem não tem o cartão deve ir a uma agência da Caixa, segundo o Ministério do Trabalho. Quem é correntista da Caixa recebe o abono diretamente na conta.

Se for servidor público, o saque é no Banco do Brasil. Correntistas do banco recebem o dinheiro diretamente na conta.

Funcionários de empresas privadas

Quem trabalha em empresa privada tem um calendário para receber o benefício conforme a data de nascimento. Mesmo que já tenha passado o seu mês, você ainda pode sacar. O limite para todos, no entanto, é 30 de junho. Se passar disso, não saca mais.

Veja o calendário:

 - Nascidos em julho: a partir de 28/7/2016;

 - Nascidos em agosto: a partir de 18/8/2016;

 - Nascidos em setembro: a partir de 15/09/2016;

 - Nascidos em outubro: a partir de 14/10/2016;

 - Nascidos em novembro: a partir de 21/11/2016;

 - Nascidos em dezembro: a partir de 15/12/2016;

 - Nascidos em janeiro e fevereiro: a partir de 19/1/2017;

 - Nascidos em março e abril: a partir de 16/2/2017;

 - Nascidos em maio e junho: a partir de 16/3/2017.

Servidores públicos

Os servidores públicos que têm direito ao abono recebem num calendário diferente:

 - Final da inscrição 0: a partir de 28/7/2016;

 - Final da inscrição 1: a partir de 18/8/2016;

 - Final da inscrição 2: a partir de 15/9/2016;

 - Final da inscrição 3: a partir de 14/10/2016;

 - Final da inscrição 4: a partir de 21/11/2016;

 - Final da inscrição 5: a partir de 19/01/2017;

 - Final da inscrição 6 e 7: a partir de 16/2/2017;

 - Final da inscrição 8 e 9: a partir de 16/3/2017.


Veja também sobre Abono Salárial BRasil FGTS

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772 - (69) 9937-71115

atendimento@planetafolha.com.br

Planeta Folha nas redes sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo