Brasil

Terror 01/06/2017 17:27 Fonte: Jornal Extra

Policiais à paisana matam menor que assaltava farmácia

Câmeras de segurança da loja registraram tudo; só não fica evidente qual agente teria atirado

Um jovem de 17 anos foi morto a tiros por policiais à paisana na noite desta quarta-feira (31). Os agentes atiraram assim que o menor anunciou um assalto em uma farmácia na Avenida Afonso Pena, em Itumbiara, Goiás.

As câmeras de segurança da loja mostram quando o jovem, que usava um capacete, deixou o seu revólver cair no chão. Ao notarem o que havia acontecido, ao menos três dos quatro PMs que estavam no local sacaram suas armas.

Pelas imagens não é possível identificar quem atirou contra o menor, que foi atingido por uma bala e caiu ao lado do balcão do estabelecimento. Na sequência, um dos policiais saiu correndo da loja à procura de um suposto cúmplice do adolescente.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para socorrer o jovem, mas ele já estava morto quando chegou ao hospital.

Segundo o delegado Ricardo Torres Chueire, da 6ª Delegacia Regional de Itumbiara, os policiais são da Assessoria Militar do Tribunal de Justiça e trabalham na escolta de uma juíza. Os agentes não estavam em serviço no momento do assalto, eles faziam compras quando o menor entrou na farmácia.

“Um inquérito de homicídio foi instaurado, mas os policiais não foram autuados. É evidente a situação de legítima defesa”, contou o delegado ao Extra. As armas dos PMs foram apreendidas.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que inquérito será enviado ao Ministério Público (MP) assim que as investigações forem concluídas. O órgão decidirá se vai ou não denunciar os PMs.


Veja também sobre Polícia Brasil

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772 - (69) 9937-71115

atendimento@planetafolha.com.br

Planeta Folha nas redes sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo