Banner juvino publicidade

Artigos

Politica 09/03/2018 20:12 Fonte: Planeta Folha - Ronan Almeida de Araújo

O áudio que destruiu o MDB rondoniense - por Dr. Ronan Almeida de Araújo

Tudo ia muito bem com relação à sucessão de Confúcio. O próprio  governador sairia a senador e seu vice a governador. Até que surgiu um áudio relatando uma tramoia conspiratória contra Moura e tudo mudou na corrida eleitoral de 2018. Escrevi há meses que a candidatura a governador aprovada pelo MDB selando o nome de Maurão de Carvalho é fogo de palha e um traque. Não tem nenhuma chance de ser eleito porque a opinião pública não tem nenhuma simpatia pelo presidente da Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia. Maurão sempre foi um oportunista. Vive por cima da carne fresca. Nunca foi da oposição. Não tem ideologia própria e definição partidária. Achava que ganharia fácil a eleição para governador com o apoio da cúpula do MDB. Depois da divulgação do áudio-bomba, sua candidatura cair como avião sem asa. Felizmente. Assim ficaremos livres de Valdir, Marinha, Maurão e companhia. Ninguém aguenta mais essa mesmice. O MDB rondoniense não renova porque tem dono. Vem aí a aprovação pelo STF da candidatura avulsa. Será o fim dos partidos políticos no Brasil. Hoje eles estão mudando de nome para continuar enganando o povo. 

Ouça o áudio, clique aqui!

Confúcio não deixará a governadoria. Prefere terminar seu mandato do que ser traído. Só vai sair do Palácio Tancredo Neves no dia 31.12.2018. Depois, voltará a clinicar em Ariquemes onde tem uma hospital com sua esposa. Viverá feliz e não terá nenhuma saudade dessa turma golpista que rodeia o governador atrás de portarias, contratos, benesses, propina, maracutaria e picaretagem. O MDB fez isso com Dilma e estava fazendo o mesmo com Confúcio Moura. O áudio revelou a verdadeira faceta deste partido de golpes e malandragens. O povo está se despertando para dar um adeus ao MDB aqui em todos os Estados da Federação. Estou gostando. É preciso renovação na política, gente nova, jovens participando da atividade política para tirar esse pessoal com pensamento do homem da caverna. A renovação que precisamos precisa ser geral, tanto no executivo quanto do legislativo. O pensamento capitalista de que o poder é dinheiro está dando lugar para pessoas com visão diferente do mundo político. As redes sociais estão ajudando a difundir e criar uma mentalidade de homem público é aquele que serve. Eliminar do cenário político gente que acha que ser parlamentar ou governo é ganhar dinheiro fácil tem de ser varrido. O começo desse novo jeito de ser e atuar na vida política tem de ser agora nestas eleições de 2018. Será mesmo?

O MDB foi destruído por este áudio. Sem chance de sobrevida. Virou câncer e a metástase contaminou a todos os seus membros. Só falta combinar com o padre a missa do sétimo dia. A extrema unção já foi dada. Pode crer. Com ele, morreram suas lideranças que roubaram o quanto podiam. O governador nunca foi da turma da quadrilha que assalta o dinheiro do contribuinte. Nunca votei nele, mas acho que ele é uma pessoa diferente dos demais da cúpula do MDB. Confúcio tem seus mil defeitos. Como agora em relação à greve dos professores. Precisa chamar a responsabilidade para si. Pegou mal solicitar a intervenção de Maurão de Carvalho para mediar o conflito com a liderança dos professores. Depois do áudio, quase todos os deputados viraram oposição ao governador e muitos estão apoiando o movimento grevista educacional. Puro opotunismo. São poucos os parlamentares comprometidos com a educação. Sempre foi assim.

Confúcio precisa agora terminar seu mandato com honra. Seu vice é gente boa. Foi fiel com o patrão nesses três anos e dois meses juntos. Agora precisa retribuir politicamente com o seu vice porque Daniel Pereira não tem nenhuma ligação com os golpistas e conspiradores ligados ao aúdio-bomba. Daniel tem muita probabilidade de ser eleito governador. Ele é um homem de diálogo e ético, distante da corrupção e militante de movimentos sociais e sindicais. Está filiado a um partido mais próximo à esquerda, que pode atrair outros como o PT e formar uma grande coligação para vencer as eleições. A turma do PDT pode ajudar a fortalecer essa coligação para eleger uma bancada representativa e dar sustentação de governabilidade ao futuro chefe do poder executivo. Derrotar o MDB é questão de honra e ver os dirigentes deste partido fora do Palácio Tancredo Neves e da Assembléia Legislativa será uma vitória do eleitorado rondoniense.

Texto: Ronan Almeida de Araújo é proprietário do site Giro Central e jornalista registrado no Ministério do Trabalho sob o número 431/98/RO.


Cargando...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9842-96737

atendimento@planetafolha.com.br

2016 - 2018: Planeta Folha é uma publicação de Planeta Folha - ME. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização por escrita da direção, mesmo citando a fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato! ou fale diretamente com nossa redação - (Fale conosco pelo WhatsApp)
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo