Banner juvino publicidade

Artigos

Artigos 01/03/2018 13:44 Fonte: Planeta Folha - por Prof. POLINI

O salário e a carreira de um professor no Brasil - Por Prof. Polini

Por que os Institutos Federais que recebem alunos da educação básica se remunera bem para um professor enquanto estados e municípios paga-se tão mal?

Não dá para entender. Se os recursos mantenedores da educação básica (ensinos fundamental e médio) de estados e municípios são parte oriundos de verbas federais e o porquê da maioria dos Estados paga-se a média salarial de R$ 2.180,00 aos professores e os institutos federais paga-se aproximadamente R$ 6.000,00 ?

Por que um aluno de uma Universidade Federal custa até 10 vezes um aluno da educação básica dos Estados e municípios? O certo não seria o contrário? É a base que sustenta pirâmide e no Brasil as Universidades Federais gastam muito e mal.

Tem algo de errado e sinistro nessa equação. Gerenciamento e planejamento são óbvios na gestão da educação. É  possível sim se pagar ao professor que atua em sala de aula salário de R$ 5.000,00. Basta haver vontade, planejamento e controle. Estamos falando do profissional que atua em sala de aula e não os professores como um todo. Se os estados e municípios assim fizerem, muitos professores que hoje estão fora de sala de aula, irão retornar às suas funções, motivados justamente pelo salário e carreira.

Além de se pagar bem, a gestão da educação de estados e municípios deve promover a qualificação e extensão a professores através da Universidade do Educador. Infelizmente o modelo UAB e outros criados nos últimos anos não deram e não se concretizarão, visto que a qualificação de um professor se dá na aproximação do Poder Público e seus gestores e não em seu afastamento. Criar por criar mecanismos de valorização do magistério sem um porquê com consequências e resultados é mirar o alvo errado.

A educação dos Estados tem dinheiro sobrando. A União repassa erradamente. Os Estados usam erradamente. Os municípios sequer sabem gerenciar os recursos da educação.

É uma pirâmide torta a educação brasileira. Ou se valoriza pesadamente o salário e a carreira do professor que exerce o magistério ou entraremos num colapso institucional sem precedentes nesse país, o Brasil.

Prof. POLINI

Professor da Rede Estadual de Educação.


Loading...
Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9842-96737

atendimento@planetafolha.com.br

2016 - 2018: Planeta Folha é uma publicação de Planeta Folha - ME. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização por escrita da direção, mesmo citando a fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato! ou fale diretamente com nossa redação - (Fale conosco pelo WhatsApp)
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo