Artigos

Politica 13/02/2018 18:17 Fonte: Planeta Folha - por Dr. Ronan Almeida de Araújo

Vereador que é porteiro de escola votou contra os professores de Costa Marques

O voto mais impressionante na última sexta-feira no auditório da SEMEC foi dado pelo vereador Fabiano contra a gratificação dos professores de Costa Marques. Ele é do quadro de carreira do município e trabalha como porteiro de uma escola municipal no distrito de São Domingos. Também sua esposa é funcionária da escola e ambos, no ano passado, fizeram várias denúncias contra o prefeito Mirandão que os mantimentos da merenda escolar comprados pela prefeitura eram caros demais, que a comunidade local não estava satisfeita com a escolha do novo diretor, que tiveram muitos problemas com a direção da escola com relação ao seu seu filho que estudar na escolha devido à questão de escolha de horário, etc. Parecia que o vereador estava muito disposto a fiscalizar as ações do executivo porque sua intensa atividade surpreendeu muita gente que elogiava o seu trabalho em defesa da sociedade. Mas como na política as coisas se transformam à velocidade da luz, hoje o vereador Fabiano parece que mudou o seu jeito de “fiscalizar” porque fez as pazes com o prefeito, que agora são muito amigos e parceiros para “trabalhar intensamente em favor dos moradores de Costa Marques”. Fogo de palha mesmo.

Estou imaginando aqui, na quinta-feira próxima quando começarem as aulas na rede municipal, qual será a recepção que o porteiro-vereador dará aos professores e alunos que estudam na escola onde trabalha no distrito de São Domingos. A escola que o vereador é lotado está caindo aos pedaços e no passado, o vereador tirou várias fotos e filmou o abandono do prédio e postou nas redes sociais. Fez também vários discursos no parlamento mostrando a triste realidade da estrutura da escola. Agora o vereador possivelmente está conformado com a situação de escola. Porém, ao votar contra os seus colegas de trabalho, não tem moral para fazer qualquer reivindicação sobre a educação no município onde o exerce seu mandato. Se fosse professor, será que o vereador votaria a favor do corte da gratificação? Certamente que não porque teria feito como os seus amigos de de parlamento. Refiro-me ao professor Serginho e Biazini que votaram contra o projeto e agiram com responsabilidade e a comunidade acadêmica irá retribuí-los nas próximas eleições. Caso os dois vereadores continuem a exercer suas atividades parlamentares com total independência e focados sempre em mostrar aos moradores de Costa Marques que podem fazer muito mais pelo desenvolvimento do município, seus projetos de reeleição estarão garantidos. Cobrem do prefeito Mirandão as promessas que ele fez pelos moradores do distrito de São Domingos onde obteve 80% dos votos. O distrito hoje encontra-se abandonado em razão da ausência de serviços públicos de responsabilidade da prefeitura. 

Gostaria muito que o vereador Fabiano se manifestasse em público porque apoiou a aprovação do projeto de lei complementar que acabou com a gratificação dos professores. Uma coisa tenho certeza: dos professores, dos alunos e dos pais, Fabiano encontrará muitas barreiras para conseguir sua reeleição caso venha a disputar mais um mandato porque os eleitores de São Domingos deverão naturalmente escolher outro candidato compromissado com a educação e que seja, no mínimo, coerente no parlamento. Os vereadores Biazini e o professor Serginho que foram contra o projeto, os eleitores do distrito de São Domingos e de todo o município de Costa Marques não vão esquecer seus nomes se continuarem essa conduta de votar sempre a favor do povo porque o resultado positivo será conquistado nas urnas.

Texto: Ronan Almeida de Araújo é proprietário do site Giro Central e jornalista registrado no Ministério do Trabalho sob o número 431-98-RO.


Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9992-49411

atendimento@planetafolha.com.br

2016 - 2018: Planeta Folha é uma publicação de Planeta Folha - ME. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização por escrita da direção, mesmo citando a fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato!
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo