Banner juvino publicidade

Artigos

Politica 27/01/2018 00:07 Fonte: Planeta Folha - por Dr. Ronan Almeida de Araújo

“Quebra-pau” no WhatsApp envolvendo vice-prefeita de Alvorada do D´oeste é a pior ignorância de uma pessoa pública

Na semana passada, vi em um dos grupos pelo WahtsApp um “quebra-pau” envolvendo a vice-prefeita Dra. Carla Marcelli com um empresário por nome de Carlos Becker, conhecido popularmente por Carlão. A “briga” se deu quando Carlão fez crítica ao estado de conservação da linha 56, dizendo que a estrada está em péssimas condições de trafegabilidade. A vice retrucou à reclamação de Carlão proferindo palavras como “vai tomar vergonha na cara e seu desocupado”.

A atitude da vice-prefeita de Alvorada D´oeste de proferir palavras desse quilate são desrespeitosas e jamais deveria pronunciá-las visto que após assumir o cargo outorgado pelo povo em outubro de 2016, a senhora passou a ser uma mulher pública, sujeita a críticas da sociedade, e o melhor que deveria fazer é pedir desculpas ao senhor Carlão e principalmente à população onde é vice-prefeita. Mulher pública é aquela que está a serviço do público, das pessoas, da comunidade, da população, devendo agir desta forma 24 por dia, porque são os moradores de Alvorada D´oeste que pagam o seu salário. Se a senhora não está preparada para ouvir reclamação justa do povo, então renuncie seu cargo e volte a ocupar a sua profissão de farmacêutica e aí a senhora não terá que dar satisfação para ninguém, a não para o Imposto de Renda, porque esse não ser perdoa ninguém, principalmente os mais pobres, são os que mais pagam imposto nesse país. 

A reclamação da população deve ser vista como algo de positivo para qualquer administrador que seja democrático, saiba dialogar com o povo, saiba ouvir os pedidos da comunidade. Hoje as redes sociais são instrumentos de luta da população em favor da melhoria de uma cidade, de um bairro, de um hospital, de uma boa escola, de uma ótima estrada para o agricultor trafegar e usá-la para se deslocar até a cidade e negociar sua produção, como arroz, feijão, milho, café, etc. 

Agir com falta de respeito a qualquer pessoa é sinônimo de ignorância. Imagine se a senhora fosse pecuarista e tivesse que se deslocar até uma linha e ela não estava em condições de trafegabilidade. A senhora iria reclamar para quem? Para o Papa não é. Para o prefeito, para o vice-prefeito, para os vereadores, para os secretários da prefeitura, etc. Todos que trabalham na prefeitura são servidores públicos e precisam saber ouvir reclamações da população. Servidor público não é igual a uma pessoa que trabalha em uma farmácia, atividade a qual a senhora exerce. São coisas distintas: o particular com o público não se misturam. 

Quem perdeu com suas atitudes foi a senhora e seu prefeito. O povo, na próxima eleição, não vai esquecer o papelão que a senhora fez em ser deselegante com um morador do município que fez uma reclamação sobre as condições de uso de uma linha. Mostre sua humildade e se retrate com pedido de perdão à população de Alvorada D´oeste. Reconheça o erro que a senhora fez porque caso não faça isso, essa sua atitude será lembrada até fim de seu mandato como vice-prefeita (31.12.2020). Se a senhora estiver pensando em sair candidata na próxima eleição, em substituição ao atual prefeito, sugiro que desista da ideia porque o povo hoje tem uma ferramenta de comunicação chamada de redes sociais que passaram a ser uma espécie de “rádio cidadão”, 24 horas falando dos políticos, reclamando contra eles, reivindicando melhorias sociais, principalmente estrada melhor para todos.

Texto: Ronan Almeida de Araújo é proprietário do site Giro Central e jornalista registrado no Ministério do Trabalho sob o número 431/98/RO.


Veja também sobre Política Alvorada do Oeste
Loading...
Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9842-96737

atendimento@planetafolha.com.br

2016 - 2018: Planeta Folha é uma publicação de Planeta Folha - ME. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização por escrita da direção, mesmo citando a fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato! ou fale diretamente com nossa redação - (Fale conosco pelo WhatsApp)
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo