Banner juvino publicidade

Artigos

Artigos 14/12/2017 21:22 Fonte: Planeta Folha - por Dr. Ronan Almeida de Araújo

Confere este número: 5063130.17.2016.4.04.7000. Refere-se a um processo com tramitação mais rápida na justiça brasileira até agora

Este número que você vê acima da foto do Lula  refere-se ao processo do qual o ex-presidente foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a nove (09) anos e meio pelo crime de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O processo agora está tramitando na 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre (RS). O desembargador Leandro Pulsen, que preside o colegiado, decidiu colocar o feito em pauta para julgamento no dia 24 de janeiro de 2018, a partir das 08:00 horas. O presidente do Tribunal da 4ª Região desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz disse que o processo contra Lula é de “interesse da nação”. Disse também que a pena imposta contra o ex-presidente “é tecnicamente irrepreensível”. Falou também que Sérgio Moro fez um exame “minucioso e irretocável da prova dos autos e sua sentença vai entrar para a história do Brasil”. Ainda afirmou que “até agosto de 2018, o recurso será apreciado pelo tribunal”. Confessou que gostou da decisão: "Isso eu não vou negar". Agora anteciparam o julgamento para início do ano de 2018. Então, você acha que está havendo imparcialidade ou parcialidade por parte do presidente do Tribunal Regional da 4ª em ter feito vários pronunciamentos sempre apontando que dificilmente Lula escapará da condenação perante os três desembargadores que são seus colegas de tribunal e responsáveis pela análise do recurso de apelação interposto pela defesa de Lula?

ATENÇÃO: Acompanhe as noticias de Rondônia curtindo nossa página no Facebook, CLIQUE AQUI. 

Os processos na Justiça Federal são julgados por ordem cronológica, ou seja, uma apelação criminal como usada pela defesa de Lula demoraria aproximadamente para ser pautada em torno de dois (02) anos ou mais. O processo contra Lula chegou ao Tribunal da 4ª Região em agosto deste ano, saindo de Curitiba depressinha para não sofrer atrapalho. Indago: então porque tanta pressa para julgá-lo? Há processos semelhantes ao de Lula no tribunal que estão aguardando julgamento há mais de três anos. Mas o processo contra o ex-presidente é de interesse da nação, ou seja, quanto mais rápido confirmar a decisão do juiz Sérgio Mora menos se falará em Lula candidato a presidente da República em 2018. Portanto, afirmo categoricamente que a ação penal contra o ex-presidente tramitando no tribunal em Porto Alegre é sem dúvida nenhuma a mais célere, a mais rápida, a mais ágil, a mais importante, a mais preocupante, a mais interessante, a mais de “interesse da nação” e até agora não vi um recurso de apelação na Justiça Federal ser apreciado tão rapidamente como o de Lula.

Não adianta o Tribunal Regional Federal da 4ª Região sediado em Porto Alegre ter pressa em julgar o recurso do ex-presidente porque felizmente há outros tribunais de instâncias superiores da justiça para questionar a “peça irretocável” de Sérgio Moro. A decisão do tribunal será a confirmação da sentença do juízo de primeiro grau. Isso é inquestionável. Porém, é preciso esperar se a decisão será unânime ou não. Se não for unânime, a defesa de Lula entrará com embargos infringentes junto ao STJ, que poderá mudar todas as decisões anteriores, permitindo que Lula registre sua candidatura à presidência da República pelo PT em 2018, o que deixará muito juiz e desembargador descontente.

Querem na verdade tirar Lula do páreo. Para alguns membros do poder judiciário, não é interessante que ele volte ao poder. Há um movimento nacional de parcela significativa da cúpula do poder judiciário que está torcendo para que Lula não consiga registrar sua candidatura. Se ocorrer o contrário, ou seja, que ele seja realmente candidato, será inevitável sua vitória pela terceira vez como chefe maior da nação. Os adversários de Lula estão de olho no processo contra ex-presidente na disputa sucessória presidencial de 2018. Se Lula for realmente candidato, alguns concorrentes vão desistir, pois será impossível vencê-lo nas urnas. A vontade da maioria esmagadora do eleitor brasileiro é pela volta de Lula ao Palácio do Planalto para comandar a nação por mais oito (08) anos no sentido de fazer do Brasil o mesmo quando governou nos dois mandatos, tirando 40 milhões de brasileiros da linha de pobreza, elevou o autoestima do povo e que era um povo respeitado e admirado no exterior, bem diferente na atual conjuntura nacional, uma nação governada por bandidos que a todo momento estão sendo presos pela Polícia Federal por estar dilapidando o patrimônio nacional.

Texto: Ronan Almeida de Araújo é proprietário do site Girocentral e jornalista registrado no Ministério do Trabalho sob o número 431/98/R0


Veja também sobre Lula Processo judicial
Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9992-49411

atendimento@planetafolha.com.br

Permitida a reprodução com citação da fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato!
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo