Banner juvino publicidade

Artigos

Artigos 15/11/2017 13:23 Fonte: Planeta Folha - por Dr. Ronan Almeida de Araújo

Projeto de revitalização do porto de Costa de Marques

Já que os vereadores de Costa Marques não têm projetos que viabilizem a revitalização do porto de Costa Marques, então vai aqui uma idéia que possa ser discutida e analisada pelos poderes executivo e legislativo e quem sabem venham a colocar em prática esse audacioso projeto que possibilite a vinda de mais turistas ao nosso município.

DESTRUIÇÃO DAS CASAS DE MADEIRA

O primeiro passo para a revitalização do porto de Costa Marques é protocolar junto à Secretaria de Patrimônio, órgão ligado ao governo federal, com sede em Porto Velho, solicitando a demolição de todas as casas de madeira construídas no porto, imóveis esses que foram erguidos há mais de 80 anos na época que a seringa dominava o município e era a maior fonte de riqueza dos moradores ribeirinhos.

PROJETO DA SUBIDA DO NÍVEL DO PORTO

A segunda fase do projeto é a subida do nível do porto, isto é, é necessário que toda a parte do porto relacionada ao nível da casas de madeira seja erguida à área que deveria ser um posto da Polícia Federal, que hoje serve mais para abrigar dependentes químicos do que um departamento de segurança federal, situação que deixa envergonhados os visitantes quando comparada à Cracolândia.

CONSTRUÇÃO DE UMA PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO

A terceira fase do projeto é a construção de uma praça de alimentação, que poderia ser viabilizada pela iniciativa particular, uma vez que o ente público não tem condições de investir na construção de bares que futuramente seriam alugados para particulares. A prefeitura faria uma licitação para atrair os interessados e faria um contrato de concessão pelo período de dez (10) anos, sendo que os imóveis seriam alugados para compensar o que caberia à prefeitura na sua contrapartida de fazer o serviço de limpeza na área toda.

CONSTRUÇÃO DE UMA PISTA DE CAMINHADA

A quarta fase do projeto seria a construção de uma pista de caminhada em volta do porto, com dimensão de três metros de largura para que as pessoas pudessem utilizar aquele espaço para caminhada tanto pela manhã quanto pela noite, ficando como um ponto de encontro entre amigos, famílias e demais populares para uma caminhada envolvendo gente da cidade para curtir a beleza do rio durante o dia pela manhã e principalmente à noite, quando o sol se põe com uma vista exuberante do Guaporé.

Para mais informações exclusivas, é só CLICAR AQUI, e curtir a nossa página no Facebook!

A quinta fase do projeto seria a construção de uma guarita para abrigar tanto a Polícia Civil quanto a Polícia Militar, para dar segurança àqueles que curtirão as belezas do rio, com bastante tranquilidade e na certeza de que a movimentação de pessoas no local será de total normalidade possível, possibilitando que outras pessoas sejam atraídas ao local para se juntar aos demais que naturalmente vão curtir as belezas do rio ciente de que estarão seguros e protegidos de qualquer iniciativa de meliante interessado em tirar proveito do particular, evitando assim a ocorrência de furtos e roubos de objetos utilizados pelos populares no momento de passeio no local.

CONCLUSÃO

O porto de Costa Marques é uma vergonha, com o devido respeito às pessoas que estão utilizando aquele espaço, pois eles mesmos são sabedores de que algo precisa ser feito para melhorar a visão do local. Quando um visitante que nunca veio à Costa Marques chega naquele local, a impressão é a pior possível, sendo que muitas vezes as pessoas deixam de voltar à cidade devido presenciar um local quase que abandonado, com sujeita de toda natureza, pois algumas pessoas insistem em achar que às margens do rio são o lixão da cidade e jogam tanta porcaria no local que nos entristece. Não dá mais para conviver com essa situação e estamos perdendo turistas para outras localidades do Rio Guaporé, como Pousada do Sérgio, em São Francisco, Porto Roli m, em Alta Floresta, Pedras Negras, e agora algumas pessoas estão começando a construir casas nas margens do Rio Guaporé próximo da propriedades rurais dos dois Carecas, passando pela linha 15, na chegada de Costa Marques, o que evita a vinda dessas pessoas para a nossa cidade, fazendo com que o comércio sofra prejuízo de toda sorte. Fica aí então essa idéia e que algum vereador iluminado que gosta mais de sair na foto do que apresentar projeto de grande envergadura na Câmara Municipal, que até agora não mostrou sua utilidade à população de Costa Marques, até porque a cada legislatura uma representatividade é pior do que a outra, o que é lamentável, haja vista que o município precisa de bons vereadores que pensem em projetos que mudem a cara da cidade e que o povo seja melhor representado no parlamento, que é a cara do Congresso Nacional, onde o enrolação é uma constante, enquanto o contribuinte assiste de camarote esse marasmo legislativo, que só onera o erário público que gasta aproximadamente R$ 100.000,00 mensais sem nenhuma necessidade.

Texto: Ronan Almeida de Araújo é jornalista registrado no Ministério do Trabalho sob o número 431/98/RO.


Loading...
Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9842-96737

atendimento@planetafolha.com.br

2016 - 2018: Planeta Folha é uma publicação de Planeta Folha - ME. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização por escrita da direção, mesmo citando a fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato! ou fale diretamente com nossa redação - (Fale conosco pelo WhatsApp)
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo