Anigif  3

Artigos

Politica 23/10/2017 19:46 Fonte: Planeta Folha - por Dr. Ronan Almeida de Araújo

Campanha pela redução salarial dos vereadores de Costa Marques tem apoio da população

Você acha justo um vereador de Costa Marques ganhar algo em torno de R$ 5.000,00 mensais? Se é contra, então conclamamos todos os moradores a apoiarem a iniciativa que começou na semana passada pela redução salarial dos nove vereadores do município, que é um dos que mais devem de todos os 52 existentes no Estado de Rondônia. O município tem um dívida em torno de R$ 17.000.000,00 (dezessete milhões de reais) e repassa todo mês para a câmara quase R$ 100.000,00 (cem mil reais) e ninguém sabe o que estão fazendo com o dinheiro do contribuinte e o pior não realiza o concurso público que foi cancelado na gestão do presidente atual, vereador Neto, que é o responsável pelo cancelamento do certame e emprega várias pessoas na casa legislativa para ajudar os cabos eleitorais que no ano passado o ajudaram a ser eleito vereador até 2020.

Costa Marques está numa situação financeira tão difícil que muita gente está mudando da cidade porque não consegue emprego, não há obras no município e poucos turistas visitam as belezas naturais e arquitetônicas, como o Rio Guaporé e o Forte Príncipe da Beira, porque não há atenção especial do poder público tanto do executivo quanto do legislativo. No último domingo, estive visitando o Forte e lamentavelmente a situação ali é precária em todos os sentidos: mato tomando conta das ruas, coleta de lixo é feita pelo Exército uma vez por mês, cemitério abandonado, não há guia para orientar os turistas que querem conhecer a história da construção do Forte, e para piorar, estamos escutando uma conversa de que se pretende construir um estrada liga ndo Costa Marques à Bolívia passando pela linha 15, zona rural e caso essa idéia se concretize, será o fim da cidade e levará o caos ao comércio local, que tornará a cidade parecida com o velho oeste, uma terra esquecida, abandonada, que não serve para nada, a não ser mudar do local, onde os direitos do cidadão sejam respeitados e valorizados. 

Se aparecer algum defensor da idéia de mudar a trajetória da construção do asfalto onde já existe a estrada de Costa Marques ao Forte, passando pelo centro da cidade, e levando para a linha 15, zona rural, vai ser recebido aqui com buchas de canhão para fazermos o que os portugueses fizeram há quase 400 anos atrás contra o holandeses, porque ninguém vai aceitar a mudança de rota de estrada, excluindo a atual, ideia essa retrógrada e atrasada. 

Voltando à questão salarial dos vereadores, é de grande valia que todos postem nas redes sociais para que no próximo ano vereador de Costa Marques não ganhe mais do que dois salários mínimos, o que já é demais, uma vez que 90% da população atual não ganha nem um salário mínimo para sobreviver, tamanha a miserabilidade que o povo simples e pacato desse município está passando, por falta de apoio junto aos governos da União e Estadual, bem como da Assembleia Legislativa. De vez em quando aparece um deputado aqui prometendo emendas e mais emendas, que nunca vêm e o município continua desassistido por não termos representação à altura que reverta esse quadro caótico que se encontra: desemprego, aumento da criminalidade, comércio fechando as portas, pessoas mudando da cidade, turismo em luto quase total, enquanto outra cidade vizinha, São Francisco, não para de receber recursos vindos de fora, transformando Costa Marques uma cidade sem esperança e vivendo só de promessas. 

Enquanto o povo passa dificuldade de toda sorte, o poder legislativo patina na contramão, pagando salário para portariado e comissionado sem concurso, diárias para vereador viajar sem nenhuma necessidade, entre tantas coisas fúteis. O tempo vai passando, mas mudanças mesmo só de comportamento de parlamentar, que antes nas eleições fizeram tantas promessas ao povo e agora não as colocam em prática, aumentando o sofrimento da gente humildade e simples desse município que deveria ser visto como um dos mais importantes de Rondônia, mas que está esquecido pelas autoridades responsáveis em fazer de Costa Marques um lugar valorizado, desenvolvido, progressista e muito procurado por pessoas de fora, principalmente, em razão das suas belezas naturais. 

Vamos protestar e enviar mensagem para os vereadores de Costa Marques, no sentido de que iniciem imediatamente propostas sérias para alavancar o município, com redução do repasse da prefeitura ao poder legislativo, redução do salário dos noves vereadores, realização de audiências públicas de três em três meses para mostrar à população o balancete da casa, seus gastos, suas realizações, seus projetos, etc. Várias câmaras reduziram salário de seus vereadores com a pressão popular e o povo de Costa Marques precisa fazer o mesmo, lotar as sessões da casa exigindo a análise de um projeto de lei de diminua o salário dos parlamentares para que, no ano de 2018, cada vereador não ganhe mais do que dois salários mínimos, porque suas atuações não são vo ltadas a ganhar dinheiro e sim elaborar projetos e fiscalizar as ações do poder executivo, objetivando morar num município com qualidade de vida elogiável e respeitável. 

Dr. Ronan Almeida de Araújo é advogado e jornalista em Costa Marques.


Veja também sobre Politica Costa Marques
Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772 - (69) 9937-71115

atendimento@planetafolha.com.br

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo