Artigos

Artigos 21/09/2017 13:08 Fonte: Planeta Folha - por Dr. Ronan Almeida de Araújo

O judiciário não é responsável a resolver os problemas da corrupção no Brasil

Esse idiota do Exército que diz que "se o judiciário não resolver os problemas da corrupção no Brasil, nós vamos tomar o poder", merece ser expulso desta instituição liminarmente, sob pena de que se propague pessoa com o mesmo pensamento que faz parte da polícia mais respeitada do país, o próprio Exército.

Esse cidadão está aproveitando o momento atual de crise política para apimentar o ambiente nacional de jogar o povo contra a democracia, contra o legislativo e contra o próprio poder executivo nacional brasileiro.

E o pior é que tem muita gente burra que embarca na idéia desse general de assumir o poder sem o voto, sem a participação popular, sem a democracia, que é a maior força nacional com condições de trazer à nação uma nova esperança para que o povo brasileiro seja feliz como no passado recente, quando era governado por pessoas que fizeram da nação um espelho a tantas outras que viram no nosso país um exemplo de democracia, talvez a terceira do mundo, perdendo apenas para a Índia e depois para os Estados Unidos.

Ninguém que é inteligente quer a volta dos militares ao poder, porque lugar de militar é nos quartéis, nas ruas e nas grandes ações que exigem dos militares, que de vez em quando são chamados para atuar no Brasil em momento de crise, como por exemplo, a questão da segurança pública em alguns Estados brasileiros.

Fora Bolsonaro, fora Temer e democracia sempre no nosso país. Dr. Ronan Almeida de Araújo.


Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772 - (69) 9937-71115

atendimento@planetafolha.com.br

Planeta Folha nas redes sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo