Banner juvino publicidade

Agronegócios

Politica 29/06/2017 11:14 ALE/RO - DECOM - Juliana Martins Foto: Ana Célia

Adelino Follador ressalta preocupação com crise no setor pecuarista

Parlamentar defende redução de ICMS para comércio da carne e rejeita possibilidade do Brasil exportar café...

Em seu pronunciamento na sessão desta quarta-feira (28), o deputado Adelino Follador (DEM) destacou sua preocupação com a questão do valor da carne, que segundo o parlamentar, teve uma queda, ainda maior no preço da arroba do boi e do bezerro.

Follador ressaltou que o setor vem sofrendo uma crise desde a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal em março último que, segundo ele, só serviu para denegrir a imagem do país que até então era grande exportador de carne.

"A carne bovina produzida em Rondônia é a melhor carne do Brasil, de boi verde, criado a campo. Infelizmente, brasileiros criaram uma situação que prejudicou o país inteiro, que aliás, precisa ser mais patriota", expressou Follador.

Os reflexos da crise, de acordo com o deputado, atingem Rondônia drasticamente, fato que cada vez mais, segundo Adelino Follador, justifica a necessidade de o governo reduzir o ICMS da carne. O parlamentar ressaltou que os Estados do Acre e Mato Grosso já fizeram a redução e que Rondônia precisa de no mínimo, reduzir o imposto em 20%.

"Precisa baixar para que nossos produtores possam voltar a comercializar seus produtos, da forma que está, estamos contribuindo para gerar prejuízos para a arrecadação do Estado, afinal, o comércio da carne está parado", frisou Follador.

Adelino Follador informou que outra preocupação do agronegócio é referente a notícia de que o Ministério da Agricultura está analisando a possibilidade de o Brasil exportar café. Segundo o deputado, seria um grande erro para economia do país e ressaltou que em Rondônia, hoje, a produção de café é o setor que estaria salvando a arrecadação do Estado.

"Faço um apelo para que a nossa bancada federal, o Congresso Nacional, não aceitem que isso aconteça. Somos fortes na produção de café, exportar o produto significa gerar emprego lá fora e tirar daqui. Vivemos uma fase boa nesse ramo e espero que nossos representantes não deixem isso passar", declarou Adelino Follador.


Veja também sobre Politica
Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772

atendimento@planetafolha.com.br

Permitida a reprodução com citação da fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato!
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo