Agronegócios

Politica 29/06/2017 11:14 ALE/RO - DECOM - Juliana Martins Foto: Ana Célia

Adelino Follador ressalta preocupação com crise no setor pecuarista

Parlamentar defende redução de ICMS para comércio da carne e rejeita possibilidade do Brasil exportar café...

Em seu pronunciamento na sessão desta quarta-feira (28), o deputado Adelino Follador (DEM) destacou sua preocupação com a questão do valor da carne, que segundo o parlamentar, teve uma queda, ainda maior no preço da arroba do boi e do bezerro.

Follador ressaltou que o setor vem sofrendo uma crise desde a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal em março último que, segundo ele, só serviu para denegrir a imagem do país que até então era grande exportador de carne.

"A carne bovina produzida em Rondônia é a melhor carne do Brasil, de boi verde, criado a campo. Infelizmente, brasileiros criaram uma situação que prejudicou o país inteiro, que aliás, precisa ser mais patriota", expressou Follador.

Os reflexos da crise, de acordo com o deputado, atingem Rondônia drasticamente, fato que cada vez mais, segundo Adelino Follador, justifica a necessidade de o governo reduzir o ICMS da carne. O parlamentar ressaltou que os Estados do Acre e Mato Grosso já fizeram a redução e que Rondônia precisa de no mínimo, reduzir o imposto em 20%.

"Precisa baixar para que nossos produtores possam voltar a comercializar seus produtos, da forma que está, estamos contribuindo para gerar prejuízos para a arrecadação do Estado, afinal, o comércio da carne está parado", frisou Follador.

Adelino Follador informou que outra preocupação do agronegócio é referente a notícia de que o Ministério da Agricultura está analisando a possibilidade de o Brasil exportar café. Segundo o deputado, seria um grande erro para economia do país e ressaltou que em Rondônia, hoje, a produção de café é o setor que estaria salvando a arrecadação do Estado.

"Faço um apelo para que a nossa bancada federal, o Congresso Nacional, não aceitem que isso aconteça. Somos fortes na produção de café, exportar o produto significa gerar emprego lá fora e tirar daqui. Vivemos uma fase boa nesse ramo e espero que nossos representantes não deixem isso passar", declarou Adelino Follador.


Veja também sobre Politica

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9841-29772 - (69) 9937-71115

atendimento@planetafolha.com.br

Eu curto o Planeta Folha!

Licença Creative Commons
Os conteúdos e dados deste site estão publicados sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional — Atribuir Fonte - Compartilhar Igual..
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo