Banner juvino publicidade

Acre

Polícia 24/11/2017 18:02 Fonte: AC 24Horas

Advogado que confessa pertencer ao Comando Vermelho tem inscrição na OAB suspensa por 90 dias

Manoel Elivaldo Batista de Lima Júnior, o advogado que confessa integrar a facção Comando Vermelho após aparecer em um vídeo no WhatsApp manuseando uma submetralhadora, teve sua inscrição na Ordem dos Advogados Brasil suspensa preventivamente por 90 dias.

Em sua decisão, a OAB no Acre lembra que o artigo 31 da Lei Federal n. 8.906/94 (Estatuto da Advocacia) estabelece que “O advogado deve proceder de forma que o torne merecedor de respeito e que contribua para o prestígio da classe e da Advocacia”.

“Advogado que deliberadamente grava e divulga mídia proclamando “sou bandido mesmo”, vinculando a odiosa expressão ao sagrado direito da advocacia deve responder por sua malsinada conduta e, para tanto o Tribunal de Ética e Disciplina in continenti instaurou o devido Procedimento Administrativo Disciplinar para que, respeitado o direito de defesa do profissional, responda por seus atos em processo adequado de julgamento”, diz a decisão.

ATENÇÃO: Acompanhe mais noticias como está curtindo a nossa página no Facebook, CLIQUE AQUI!

A própria classe exigiu a suspensão do advogado devido a repercussão negativa das imagens.

“Diante da gravidade dos fatos, as declarações do profissional tomaram proporções assombrosas, repercutindo negativamente no conceito da classe que estupefata exige medida imediata visando guarnecer a profissão e a credibilidade que os profissionais da advocacia nutrem perante a sociedade.”


Veja também sobre Polícia Acre
Loading...

Informações de contato

Planeta Folha

(69) 9992-49411

atendimento@planetafolha.com.br

Permitida a reprodução com citação da fonte. Os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores. As pessoas citadas nos conteúdos têm direito de resposta garantida. Dúvidas entre em contato!
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo